Notícias Fenafisco

Fenafisco defende fortalecimento da Previdência Pública

11 Outubro 2018

Com a retomada das discussões em torno da votação e aprovação da Proposta de Emenda Constitucional 287/16 – (reforma da Previdência), a Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa promoveu nesta quinta-feira (11), audiência pública para discutir junto a especialistas, sindicalistas e trabalhadores, estratégias em defesa da manutenção sustentável da Previdência Pública.

Reforma Tributária Solidária lança proposta que aponta solução para crise fiscal sem aumento de impostos ou políticas de austeridade

10 Outubro 2018

Documento traz série de simulações econômicas que comprovam que é possível ajustar as contas públicas por meio da mudança na calibragem tributária

Nem o aumento, nem a diminuição de impostos são a solução para a crise fiscal e para a redução da desigualdade social no Brasil, mas sim a forma como os tributos são cobrados. Esta é a máxima que guia as propostas de mudanças no sistema tributário, que serão lançadas no próximo dia 17 (ainda sem local definido) pelo movimento Reforma Tributária Solidária.

Aposentadoria integral por invalidez é tema de debate no Senado

09 Outubro 2018

Em audiência pública no Senado Federal, nesta terça-feira (9), servidores públicos, lideranças sindicais e representantes da sociedade civil debateram a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 56/2014, que prevê a aposentadoria integral por invalidez na Administração Pública. Na oportunidade, o diretor de Aposentados e Pensionistas da Fenafisco, Celso Malhani, reforçou a necessária celeridade na tramitação do projeto dentro da Casa, para que sejam assegurados os direitos previdenciários dos trabalhadores que ficaram impedidos por intempéries imprevistas.

E-Ranking Cidadão avalia desempenho parlamentar nos governos Dilma e Temer

04 Outubro 2018

O Senador Paulo Paim foi o melhor avaliado segundo a metodologia; os presidentes das casas do Congresso Nacional aparecem no levantamento entre aqueles com pior desempenho

O Laboratório de Estudos Político-sociais (Labep) traz um panorama global da atuação parlamentar de deputados e senadores no Congresso Nacional acerca de matérias priorizadas pelo governo federal.

A publicação disponibiliza à sociedade o desempenho legislativo referente aos mandatos da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e, de seu sucessor, Michel Temer (MDB), no que versa sobre: as modificações na concessão dos benefícios Seguro-desemprego, Pensão por Morte e Auxílio-doença, Teto dos Gastos Públicos; Reforma Trabalhista; Terceirização e exploração do Pré-Sal.

Após ampla análise, o instituto de pesquisas oportuniza mecanismos para que o cidadão possa avaliar, de forma clara e o objetiva, o exercício de seus representantes dentro das Casas de Leis.

O levantamento atribuiu valor positivo àqueles que trabalharam em consonância com os anseios da sociedade, no enfrentamento às desigualdades estruturais para promover o desenvolvimento e valor negativo à performance parlamentar que rendeu prejuízos à população.

O que se pretende, a partir disso, além de apresentar informações sobre as ações políticas e o exercício do Poder Legislativo, no momento que antecede as eleições de 2018 é fortalecer a democracia, incentivando a efetiva participação política cidadã, legitimada por meio do voto consciente, para que a sociedade brasileira possa escolher cada vez melhor seus representantes.

ANÁLISE

No Brasil, o parlamentar melhor avaliado foi o senador Paulo Paim, do PT/RS, apresentando na maioria das vezes posicionamentos alinhados com o desejo da população, mesmo quando o seu partido esteve à frente do Planalto. Também integram os cinco melhores posicionados o deputado Patrus Ananias, do PT/MG (2º lugar), a senadora Vanessa Grazziotin, do PCdo B/AM (3º lugar), a senadora Gleisi Hoffmann, do PT/PR (4º lugar) e o senador Lindbergh Faria, do PT/RJ (5º lugar).

Entre os classificados com a pior atuação destacam-se os presidentes da casas do Congresso Nacional, o deputado Rodrigo Maia, MDB/RJ e senador Eunício Oliveira, MDB/CE, o senador Jorge Viana, do PT/AC, o deputado Darcísio Perondi, do MDB/RS. O senador Romero Jucá, MDB-RR ocupa a última posição.

O desempenho geral dos parlamentares do estado pode ser consultado na plataforma virtual do E-Ranking Cidadão (https://www.labep.com.br/e-ranking-cidadao).

CLIQUE AQUI e consulte a plataforma.

Confira a Revista E-RANKING CIDADÃO:

 

Publicação que analisa desempenho parlamentar durante governos Dilma e Temer é lançada em Brasília

02 Outubro 2018

Com análise do Laboratório de Estudos Político-sociais (Labep), a revista E-Ranking Cidadão foi apresentada no dia 02 na sede da Anfip

Nesta terça-feira (2), o diretor de Assuntos Parlamentares da Fenafisco, Pedro Lopes, participou do lançamento da revista E-Ranking Cidadão na sede da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Anfip), em Brasília. A publicação tem versão impressa e uma plataforma virtual que aponta o desempenho dos parlamentares no Congresso Nacional. Quem faz esse panorama global da atuação de senadores e deputados é o Laboratório de Estudos Político-sociais (Labep) coordenado pelos cientistas políticos Jorge Mizael e Gustavo Tavares.

Fenafisco defende maior participação política dos servidores do Norte

26 Setembro 2018

Nos dias 24 e 25 de setembro, o dirigente da entidade, Pedro Lopes, realizou palestras em Manaus e Boa Vista, levando aos sindicatos filiados da região norte orientações sobre o processo eleitoral e a importância do apoio à candidatos comprometidos com a defesa do Estado Social, o fortalecimento da Administração Tributária e com o serviço público, para ocupar o Executivo e as Assembleias Legislativas.

Fenafisco aborda Participação Política em palestra no Paraná

14 Setembro 2018

A importância da participação dos trabalhadores no pleito de 2018, foi um dos pontos abordados durante palestra ministrada pelo diretor de Assuntos Parlamentares da Fenafisco, Pedro Lopes, na programação do evento Voto Consciente promovido pela Pública Central do Servidor, em Curitiba-PR, nesta quinta-feira (13).

Na oportunidade Lopes reforçou a necessidade de alinhar a pauta econômica progressista no seio das pessoas, independentemente de suas ideologias políticas, explicando que aqueles que defendem princípios mais conservadores para a sociedade, necessariamente não tem que defender o Estado mínimo, para o diretor, são ideias distintas.

Lopes acredita que a população em geral possui um pensamento economicamente mais progressista, defendendo a prestação de serviços públicos de qualidade, a manutenção e o fortalecimento do Estado de bem-estar social, uma atenção maior do Governo para as camadas menos abastecidas.

Segundo o diretor “o que se observa no Brasil é que os partidos a direita adotam sistematicamente uma pauta econômica ultraliberal (o estado mínimo), como aconteceu durante a atual gestão, criando uma revolta por parte dos seus apoiadores que, intrinsicamente, defendiam um estado mais social”. Com isso, Lopes defende o respeito a ideologia natural do cidadão quanto a seus valores sociais, acredita que é necessário fazê-lo compreender esse conceito econômico e influenciar os seus partidos a adotarem.

Campanha

A campanha Voto Consciente dos Servidores Públicos – Eleições 2018 é uma iniciativa da Pública Central do Servidor com o objetivo de sensibilizar os servidores quanto ao voto no pleito de 2018, para que escolham candidatos comprometidos com o servidor e o serviço público.

Participação Política

A Fenafisco tem promovido palestras em todo o Brasil para conscientizar os servidores sobre a necessidade de sua participação efetiva nas eleições, para a renovação do parlamento, defendendo candidaturas comprometidas com o Estado de bem-estar social e o serviço público.

Os diretores da entidade, já percorreram os estados do Piauí, Rio Grande do Norte, Mato Grosso, Sergipe, Pará, Santa Catarina e Paraná. Confira as próximas agendas:
18/9 - Sindicato da Carreira de Auditoria Tributária do Distrito Federal | SINAFITE-DF
18/9 Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual de Minas Gerais | SINDIFISCO-MG
19/9 - Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do Estado do Tocantins | SINDARE-TO
19/9 - Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do Tocantins | SINDIFISCAL-TO
21/9 - Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do Rio de Janeiro | SINFRERJ-RJ
21/9 – Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual de Mato Grosso do Sul | SINDIFISCO-MS
21/9 – Sindicato do Fisco Estadual do Acre | SINDIFISCO-AC
24/1 - Sindicato dos Fiscais de Tributos do Estado de Roraima | SINFITER-RR
25/9 - Sindicato dos Auditores Fiscais de Tributos Estaduais do Estado do Amazonas | SINDIFISCO-AM
26/9 - Sindicato dos Auditores Fiscais da Secretaria da Receita Estadual do Amapá | SINDIFISCO-AP

 

Comissão de Reforma Tributária discute tributação direta

11 Setembro 2018

Reunidos em Brasília nos dias 10 e 11, os membros da Comissão Técnica de Reforma Tributária da Fenafisco concentram esforços para analisar o conjunto de propostas e recomendações elaboradas pelo Grupo de Trabalho da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Anfip), acerca da tributação direta (patrimônio e renda), e tributação sobre a folha de pagamentos – uma das principais bases de arrecadação.

Em seminário, Fenafisco defende Reforma Tributária Solidária para combater a desigualdade social

31 Agosto 2018

Nesta quinta-feira (30), o presidente da Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital (Fenafisco), Charles Alcantara, falou do projeto Reforma Tributária Solidária durante o segundo painel do Seminário Nacional em Defesa dos Serviços Públicos, promovido pelo Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Federais (Fonasefe) e o Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas do Estado (Fonacate), em Brasília-DF.

Fenafisco e Sindifern incentivam a participação política no RN

30 Agosto 2018

A Fenafisco e o Sindifern promoveram nos dias 29 e 30 de agosto palestras nas cidades de Natal e Mossoró, no Rio Grande do Norte, sobre participação política. O diretor para Assuntos Parlamentares da Federação, Pedro Lopes, levou a mensagem de envolvimento ativo nas eleições de 2018 para mais de 100 servidores fiscais do Estado.

Página 1 de 32