Sindifisco-MG: Auditores fiscais de Minas protestam contra a reforma da Previdência

18 Junho 2019
(0 votos)

Manifestações foram realizadas na capital e no interior do Estado

A última sexta-feira (14) foi marcada por protestos em todo o país contra a proposta de reforma previdenciária encaminhada pelo governo Bolsonaro. Em Belo Horizonte e em várias cidades do interior do estado, auditores fiscais atenderam ao chamado do Sindifisco-MG e foram às ruas manifestar sua indignação com a proposta, que fere direitos dos trabalhadores e, no caso dos servidores, traz regras de transição bastante duras. Em algumas cidades, os auditores, cientes da gravidade do cenário, também fizeram questão de marcar posição contra a reforma afixando faixas de protesto na fachada das repartições.

A manifestação em Belo Horizonte (veja aqui) começou pela manhã e se estendeu durante todo o dia. Os manifestantes se concentraram na Praça Afonso Arinos, próximo à Faculdade de Direito da UFMG, tradicional local de protestos na capital mineira. Convocado pelas centrais sindicais e apoiado pela Frente Mineira Popular em Defesa da Previdência Social, o ato público contou com a participação de trabalhadores de diversos segmentos, sindicalistas, estudantes e políticos. Auditores fiscais das unidades da Rua da Bahia, Av. Afonso Pena, CAMG e RMBH marcaram presença e se uniram aos demais manifestantes. Alunos da UFMG e da Uemg compareceram em grande número e se somaram aos professores também em protesto contra os cortes na educação.

No início da tarde, após os discursos das lideranças sindicais, estudantis e políticas, todos ressaltando a importância da pressão popular para derrubar a reforma e reverter os cortes na educação, os manifestantes seguiram em um longo trajeto até a Praça da Estação.

No interior de Minas os auditores fiscais também aderiram à mobilização. Uma das unidades a protestar contra a reforma da Previdência foi a DFT Manhuaçu, em que auditores, técnicos e gestores fazendários se uniram para tornar pública sua insatisfação com a proposta, afixando faixas no exterior do prédio onde funciona a Receita Estadual. A iniciativa repercutiu na imprensa local, com matéria no jornal Tribuna do Leste (veja aqui) e entrevista do auditor fiscal Marcelo Magalhães a uma emissora de rádio (veja aqui).

Confira fotos das manifestações em todo o país.

Fonte: Sindifisco - MG

Ler 51 vezes