Informe Fenafisco - Suspensão da reforma da Previdência

20 Fevereiro 2018
(0 votos)

A suspensão - agora oficialmente - da reforma da Previdência não foi obra do acaso ou de sorte, mas fruto de muita luta, muito sacrifício, muita perseverança.

Não fosse isso, essa famigerada reforma - que desde o início denunciamos tratar-se, em verdade, do fim da Previdência - há muito já teria sido aprovada, inclusive na sua versão mais perversa.

Quanto mais conseguíamos adiar a votação da matéria e mais se aproximava o calendário eleitoral, mais dificuldades o governo enfrentava para arregimentar os 308 votos.

Podemos dizer, sem qualquer arrogância e vaidade, que tivemos (Fenafisco e sindicatos filiados) um papel decisivo nesse desfecho.

Estivemos na vanguarda da resistência e da luta em favor da Previdência, sempre ao lado e em articulação com a Anfip, que foi a nossa parceira de primeira e de todas as horas.

Atuamos também em articulação com o Fonacate, que se tornou mais ativo e coeso nesse período de resistência.

Mal começava o ano de 2017 e já realizávamos uma reunião extraordinária do Conselho Deliberativo, nos dias 11 e 12 de janeiro, para discutir exclusivamente a PEC 287 e planejar a nossa mobilização.

A Fenafisco foi a entidade que teve a maior participação no workshop sobre a Previdência, de iniciativa da Anfip, que acabou sendo realizado em parceria com a Fenafisco.

A suspensão da tramitação da matéria dá-se oficialmente em razão da intervenção militar no Rio de Janeiro, que proíbe alteração constitucional durante o seu curso, mas a verdade é que o governo Temer jamais conseguiu e não conseguiria os votos necessários para acabar com a Previdência.

Podemos celebrar essa retirada de pauta como uma vitória de milhares de trabalhadores do serviço público e da iniciativa privada, do campo e da cidade, e de homens e mulheres que lutaram sem tréguas para defender a Previdência. E no meio dessa multidão de lutadores, lá estava a Fenafisco e os seus sindicatos filiados, com presença destacada e reconhecida.

Não por acaso, a primeira grande atividade de 2018, o Seminário em Defesa da Previdência, que aconteceu ontem, 19 de fevereiro, no Senado Federal, foi idealizado exatamente pela Fenafisco e Anfip, que tomaram a iniciativa de chamar a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Previdência, que de pronto aderiu à ideia e realizou o grandioso evento.

Conquistamos uma vitória maiúscula, sem sombra de dúvida, mas uma vitória temporária, porque esse governo - traiçoeiro e antipovo - muito provavelmente investirá novamente contra a Previdência, assim que as urnas se fecharem, antes do final deste ano. Isto, se as eleições acontecerem.

Uma vitória maiúscula e merecida de quem jamais se rendeu e se vendeu, de quem jamais deixou de acreditar na potência da nossa ação coletiva.

Uma vitória principalmente daqueles que foram às ruas, que se expuseram e que não tiveram vergonha de lutar.

Nossos parabéns e nossa gratidão a todos os sindicatos.

Nós fizemos por merecer essa vitória, porque lutamos por ela com vigor, destemor e amor.

Saudações sindicais!

Diretoria da Fenafisco

Ler 294 vezes