Notícias Fenafisco

Artigo: Não são os impostos, são os impostores

28 Maio 2018

*Charles Alcantara

Frutas e verduras nas feiras, proteína e mantimentos nos supermercados, medicamentos e oxigênio nos postos e hospitais, ambulâncias para socorrer enfermos graves, transporte escolar, transporte coletivo urbano, produtos químicos para tratamento de água potável para as populações, transporte aéreo, funcionamento de termelétricas.

Fenafisco leva Reforma Tributária Solidária para o Paraná

28 Maio 2018

Em cumprimento a agenda de atividades pelo Brasil, o presidente da Fenafisco, Charles Alcantara, apresentou o projeto Reforma Tributária Solidária: Menos Desigualdade, Mais Brasil (RTS), na quinta-feira (24), para os Auditores Fiscais da Receita Estadual e convidados de outras entidades do Fisco federal e municipal, no auditório da Secretaria de Fazenda do Paraná.

O Seminário, organizado pelo Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná (Sindafep-PR), teve como objetivo ampliar o debate acerca de alterações no Modelo Tributário Nacional, com o propósito de fomentar o crescimento econômico, por meio da correção das iniquidades vigentes no sistema de impostos, aumento da tributação direta e redução da carga indireta, para melhor enfrentar as múltiplas faces das desigualdades sociais.

O projeto apresenta premissas que versam sobre a correção do caráter regressivo do modelo brasileiro, revisão de incentivos fiscais, recomposição das bases de financiamento do Estado e fontes de sustentação para o gasto social.

Na oportunidade, Alcantara e o presidente do Sindafep, Wanderci Polaquini, almoçaram com o vice-presidente da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), deputado Guto Silva (PSD-PR), ocasião em que falaram do projeto de reforma tributária da entidade e o convidaram a participar do Fórum Internacional Tributário (FIT) que será realizado de 04 a 06 de junho.

O evento vai reunir em São Paulo especialistas em tributos e economia de quatro continentes para discutir as melhores práticas, mostrar um panorama geral da situação brasileira e realizar uma comparação com exemplos internacionais.

O parlamentar elogiou o diagnóstico feito pelos especialistas que trabalham no projeto e sinalizou grande possibilidade de prestigiar o FIT.

De iniciativa da Fenafisco e Anfip, a Reforma Tributária Solidária conta com o apoio do Conselho Federal de Economia (Cofecon), Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), Fundação Friedrich Ebert Stiftung Brasil (FES), Instituto de Estudos Socioeconômicos (INESC), Instituto de Justiça Fiscal (IJF) e Oxfam Brasil.